Usuario :
 Clave : 
    
 
 
EPTIC / Vol.1 Número 1
 O novo panorama das telecomunicações no Brasil
César Bolaño 
Sayonara de A. G. Leal  
 O presente artigo tem por objetivo complementar a análise feita em dois textos publicados na Revista Tendências XXI, onde discutiam, em linhas gerais, a problemática do audiovisual e das Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (Bolaño, 1996, 1997). No primeiro deles, analisa-se um debate ocorrido no país no início da década de 90 sobre os critérios de classificação sócio-econômica do público brasileiro de televisão, para ilustrar a questão da influência do problema da distribuição de renda no Brasil sobre a estrutura do mercado brasileiro de televisão; mostrando a complexidade dos interesses em jogo, além de levantar alguns elementos para se compreender a estratégia da Rede Globo frente ao desenvolvimento da TV segmentada e os impactos que ela poderia trazer para o sistema comercial brasileiro de televisão, dada a problemática distributiva. No segundo, foi retomado inicialmente o eixo da história econômica da televisão brasileira, procurando mostrar a situação da TV generalista no que se refere às estratégias de programação e à disputa entre as principais redes nacionais no limiar da expansão da televisão segmentada e da reestruturação das telecomunicações levada a efeito pelo Governo Fernando Henrique Cardoso. Com base nisso, voltou-se ao tema da estratégias empresariais da Globo em relação aos novos mercados audiovisuais e de telecomunicações, procurando retratar a situação das alianças estratégicas ao final de 1996.
 
Diseño y desarrollo por: SPL Sistemas de Información
  Copyright 2003 Quaderns Digitals Todos los derechos reservados ISSN 1575-9393
  INHASOFT Sistemas Informáticos S.L. Joaquin Rodrigo 3 FAURA VALENCIA tel 962601337